Olha eu aqui de novo (sim eu sei, até parece milagre eu a postar duas vezes no mesmo dia), desta vez eu trouxe para vocês algumas Arts para as vossas unhas, aproveitem:

  

  
Todas as imagens créditos ao google imagens

Para verem as imagens em tamanho maior cliquem nelas.

Gostaram das opções? Comentem amores.

Beijos,
Shelsea Ross


Cores
Imagem créditos ao We <3 it
Olá, amores!

Então já sabem que cor vão usar para a virada? Afinal cada cor tem um significado, cada um acredita no que quer mais não custa nada descobrir o significado de cada uma delas e entrar em 2015 com novas esperanças, então vamos lá ver o significado da cores:




Agora que já sabe o significado de cada uma das cores que tal montar o seu look de acordo à o que quer para o próximo ano? Veja algumas sugestões:


Imagens créditos ao google imagens

Mais se vocês forem mais tradicionais e preferirem o tradicional BRANCO, tenho aqui também alguns looks brancos que vocês podem simplesmente adicionar um acessório da cor com o significado que vocês quiserem para 2015, vejam:


Espero que tenham gostado, deixem os vossos comentários e opiniões! Obrigadinha

Shelsea Ross



Hoje é dia 24 e para além do Louis (Tomlinson, integrante dos one direction) estar a completar 23 aninhos, é também (obviamente) véspera de natal.

É natal, é natal vamos á belém...  Comecem os cânticos de natal, hoje é dia de preparação para o natal (e sem esquecer da para a ceia nham!) então que tal algumas imagens inspiradoras para o dia de amanhã?

Merry christmas 🎄
Deseje um feliz natal á todos aqueles que ama (ou não) sem se esquecer de ninguém!

♥
Fazer (ou como eu apenas comer) bolachinhas de natal decoradas e feitas em casa.

new year tree - Поиск в Google
Decorar a árvore de natal e vê-la encher-se de presentes

Pitada de Criatividade
(Aguentar as emoções para não abrir os presentes da árvore antes da hora)
Abrir o presente é bem mais divertido que esperar

Tis the season of materialism
Fazer a compra dos presentinhos para a familia (e para você mesmo)

Resultados da Pesquisa de imagens do Google para http://blog.tuttimami.com.br/wp-content/uploads/2011/12/ceia-de-natal.jpg
E comer aquela ceia maravilhosa que a mãe, a tia, a avô ou irmã faz  (ou fazem).


Aproveitem bem as festas porque daqui a alguns meses as aulas recomeçam. 

Beijinhos
Shelsea Ross


Eu pessoalmente amo as seres de policiais, investigação, acção, as vezes uma comédia ou musical. Actualmente não paro de ver e rever algumas séries como: Castle, Investigação criminal, Mentes criminosas, CSI, episódios antigos de GLEE (I've miss you Cory), Trocadas a Nascença, Hokward, Sobrenatural. Tentei fazer uma lista de todas as séries que eu já e qual a que mais gostei e cheguei à conclusão que eu amo series do tipo de investigação e crime.

Post bem rápido né?!,e vocêsabe qual é o seu tipo de série?





Todos já tiveram o seu primeiro amor, aquele que marcou uma era, comigo não foi diferente...

Ele tinha olhinhos castanhos, cabelo preto, pele clarinha e um jeitinho só dele...Eu gostava dele e ele de mim duas crianças inocentes que mal sabiam ler mais já suportavam um sentimento de tal importância, para falar um com o outro era uma coisa dois seres cheios de vergonha do outro que escondiam a face entre os dedos para não ter de olhar nos olhos do outro , uma fofura só!, ele de pele clarinha via-se que fica todo vermelhinho de vergonha quando estive-se perto dela, ela com uma pele de negra, mas atenção negra bem cuidadinha, não ficava vermelha mais pelo seu jeitinho via-se que também estava completamente envergonhada ao lado dele, eles falavam um com um o outro em meio de sorrisos e olhares envergonhado, uma graça. O primeiro beijo? Isso foi estranho, foi na festa de uma amiga lá do prédio, nenhum dos dois sabia dançar então foram para fora conversar, ao voltar para dentro eles vão cada um para o seu lado, cada um para o seu grupinho de amigos, mais tarde ela decide ir falar com ele, a música estava muito alta então ela teve que chegar perto do ouvido dele, no momento em que ela se aproxima dele, um de seus amigos diz: "Oié, Virá", ele por instinto vira, e seus lábios pararam no dela entre olharam-se durante uns segundos e ela saiu da sala a correr na direcção do quarto de banho chegando la ela começou a rir, a dar gargalhadas de tanta felicidade ela havia ficado super feliz com o beijinho, mas não quis que ele o soubesse, então saiu do quarto de banho com uma carinha normal, nem feliz, nem infeliz normal, e se juntou as amigas. No dia seguinte ele a procurou e pediu desculpas pelo que aconteceu ela disse que gostou e ele ficou aliviado pois também tinha gostado mais não lhe quis dizer pois não queria que ela fica-se chateada.




Esta é realmente a minha história ela é 100% verdadeira,
foi um amor de infância nunca vou, esquecer afinal
foi o meu primeiro amor. <3 <3 <3

By: Shelsea Ross
Kisses <3


Ok... Não consegui encontrar um título melhor para o post mas em compensação ele descreve exactamente o que eu vou falar agora. Bom vocês já sabem que eu gosto muito de desenhar, não?! Então como sempre faço estava pelo deviantart a apreciar o talento alheio e foi quando me deparei com os desenhos de Willeminj1991 no seu deviantart encontramos vários projectos, mais o que mais me chamou a atenção foi o "Fashion" porque?! Diga-me você:

Meu fashion Little Pony: Pinkie Pie por Willemijn1991Phineas e Ferb moda: Jeramy por Willemijn1991
Phineas e Ferb moda: Perry por Willemijn1991Spongebob fasion por Willemijn1991

Moda Sponebob: Patrick por Willemijn1991Hey Arnold moda: Shena por Willemijn1991
Meu fashion Little Pony: Fluttershy por Willemijn1991Hey Arnold moda: Brainy por Willemijn1991

E agora? Já sabem o que dizer? Bom acho que é obvio o porquê que o Fashion me chamou a atenção ela pega naqueles desenhos animados que nos amamos e os transforma em peças super femininas e delicadas dependendo do estilo dos personagens então da para todos os gostos!



Espero que tenham gostado
da postagem até mais!
Bjos, Ross.


Hoje eu estava como sempre no site da revista capricho a ver as novidades e encontrei uma matéria a dizer "Polémica Fashion" e decidi mesmo não sendo tão ligada na moda ver do que se tratava e a matéria falava nada mais nada menos se que nas passarelas as marcas têm apostado em camisas com os botões de baixo abertos, segue uma imagem:


Mais depois de ver estas imagens eu lembrei... Eu já vi alguém usar a camisa assim! Mas onde... A resposta... MALHAÇÃO 2013, sim o nosso amado e inesquecível nerd da temporada Orelha lembrou?! Na época todo mundo achava que o visual dele era meio louco 0.o, e agora que esta nas passarelas será que o conceito mudou ou continua sendo loucura?
 

Você usaria um look com a camisa desse geito?


Tipo, como assim em "palitos de dentes"? É exactamente isso o artista americano Stain Monro nos seus tempos livres se ocupa de um hobby no mínimo interessante ele reproduz algumas das maiores obras arquitectónicas do mundo usando como principal material palitos de dentes, vejam abaixo algumas das suas criações:

  • Hotel Burj Al Arab - Dubai
 


  • Torre Eiffel - Paris


  • Taj Mahal - Índia


Olá a todos primeiramente quero me desculpar pelo sumiço repentino e sem qualquer aviso prévio e pelo tempo que o blogue ficou desactualizado, não foi por falta de criatividade ou inspiração e sim tempo e possibilidades para tal devido a minha luta constante com a internet, vim também informar-vos para que futuramente não "extraem" que o endereço e nome do blog mudou de TEEN á GIRL (o porquê? o porque é que ninguém fica adolescente para sempre já um blog pode durar para sempre mesmo que parado então eu quero que meu blog cresça comigo e eu não serei gostaria mas não serei adolescente para sempre) apenas no final é isso minhas mais sinceras desculpas. Agora vamos ao que interessa o post:


Ai...
Fantasias... Desde sempre presentes nas nossas vidas as fantasias apresentaram-se de formas de diferentes para cada um de nós uns têm fantasias eróticas, outros infantis e há aqueles ainda que fantasiam o futuro, é um ilimitado de opções quando se fala em fantasiar. Eu vivo no mundo da fantasia me inspirando na disney pensando no futuro ou no passado não perco um minuto precioso sem fantasiar algo na minha cabecinha as vezes me apanho a chegar no ponto até de rir sozinha, as fantasias não são coisa de criança todos fantasiam só que de maneiras diferentes, com objectivos diferentes. Eu acredito que toda a pessoa querendo ou não, voluntária ou involuntariamente fantasia coisas que tenham haver com o seu dia-a-dia e desejos escondidos daqueles que não falamos nem revelamos todo mundo tem um desejo escondido aquele que ele quer que se realize mais do que todos os outros desejos. Mas afinal desde que o post começou que se fala em fantasia o que é uma fantasia? Fantasia é uma situação imaginada por um indivíduo ou grupo que pode ou não ter base na realidade em si (concreta), mas expressa certos desejos ou objectivos por parte do seu criador.

Eu aconselho todo mundo que escolha um momento no seu dia e tire alguns minutos não precisam ser horas só alguns minutos, relaxe e tente esquecer o que o transtorna ou preocupa e comece a fantasiar, fantasiar planos para o futuro, ideias para o trabalho, tudo e mais alguma coisa ou se quiser ponha uma música que você goste e fantasie algo sobre ela como outro significado para a letra, ela noutro género musical e por aí vai... só não deixe de fantasiar porque esse é o segredo as crianças fantasiam a todos os instantes e por isso são seres surpreendeste mas ao crescerem perdem essa facilidade pois querem uma explicação para tudo e deixam o melhor de não saber de nada para trás por isso FANTASIEM... e vivão como deve ser.


Shelsea Ross
Kisses   <3   


SIM! Finalmente, eu já não aguentava mais esperar . O Clipe de You And I mais uma música tirada do álbum Midnight Memories, e eu como boa directioner fiquei a espera dele e super-entusiasmada e a seguir Tudo Claro! E ágora vim compartilhar aqui com vocês, e antes de tudo para qualquer comentário veja:



O vídeo é simplesmente incrível os meninos vão se transformando uns nos outros é um efeito visual completamente incrível. A câmera aproxima-se do Harry até chegar neste Ponto:

E eu morri e voltei a levantar para ver o resto do clip que fica ainda melhor. Beijinhos e me contem nos comentários o que vocês acharam.


Oi oi...

Então, eu sei que estou desaparecida mais vim disposta a mudar isso a partir de hoje! Então para comemorar a minha volta (não que eu tenha ido a alguma lugar) eu fiz um top 5 de algumas musicas dos 1D que eu gosto (foi muito difícil, já que eu gosto de todas!).


Story of my life


Kiss you

Best song ever

Midnight memories

Litle thinks



É isso mesmo, eu, Shelsea, estou a ficar viciada (no bom sentido, Claro!) em mangá conhecido também como quadrinhos, banda desenhada, BD, etc. Nos últimos meses (uns 10) eu venho lendo muito este tipo de livro tanto na internet como não tenho encontrado muitos interessantes a venda, e devo admitir que fiquei muito admirada com o que encontrei. Agora seguem alguns dos sites em que leio  Mangá:

Conexão Nanquim

Este site é mais uma revista mensal onde vários autores juntam suas obras já li algumas bem interessantes lá, e quem tem um material bom e quer publicar é só entrar em contacto com eles e esperar uma resposta.

Inusitado

Este é o site de um único mangá e é super fixe, a autora (Isa)Bella fez uma espécie de comédia romântica muito engraçada os protagonistas Jaqueline e Daniel são muito carismáticos.

UP Mangá

Este site é como uma comunidade onde qualquer pessoa que tenha feito um mangá pode publicar é só criar uma conta e carregar, lá tem uma grande variedade de mangás, tem para todos os gostos e estilos eu vivo lá.



E vocês gostam de ler BDs? Eu amo! Têm alguma favorita? Me contem!! Beijos


Oi meninas, acho que muitas de vocês já tiveram essa dúvida "será que ele gosta de mim?", pois hoje eu trago meio que talvez a resposta a essa pergunta eu perguntei para amigos e colegas "como eles ficavam e o que sentiam no momento em que estivem perto da menina de quem gostam" e as respostas você confere abaixo, lembrando que idade dos rapazes vai dos 15 aos 18.
OBS: Alguns deles usaram calão e eu achei divertido colocar exactamente do jeito que eles falaram.
-"Quando eu gosto de uma mboa sempre que eu estou perto dela, fico todo boelo 
falo coisa com coisa até coisas que ela não me perguntou"

-"Sempre que estou ao lado da mboa que eu gosto fico todo tímido sem saber o que falar"

-"Normalmente eu sou meio parvo no dia-a-dia mas perto dela eu tento me concentrar ser o melhor possível, mas meu jeito me condenada e ela acaba sempre por me perguntar porquê que estou assim calado ou sério demais, a minha vontade é dizer porque te amo mas o medo me condena"

-"Se eu gosto de verdade mesmo de uma rapariga eu acabo por ficar meio assim... tipo nem sei explicar como eu fico, as vezes as pessoas meio que notam o meu comportamento estranho, mas eu a única coisa em que fico a pensar é na cara dela e quando ela sorri para mim"


E você seja menina ou rapaz, como é que você fica quando gosta de um rapaz? Estou curiosa para saber.



KISSES KISSES
Shelsea Ross


Você com certeza já disse que era fã de algum cantor(a), actor(a), jogador(a), etc., mas você sabe o que ser fã? Ou fala por falar? Já sei, você achava que sabia mas agora pensando bem já não tem certeza, né? Então hoje vai ter certeza e saber se pode ou não se considerar fã!

Segundo a Wikipédia  (do inglêsfan [fæn], de fanatic "Fanático") é uma pessoa dedicada a expressar sua admiração por uma pessoa famosa, grupo, idéia, esporte ou mesmo um objecto inanimado (por exemplo, um automóvel ou um modelo de computador).


Mas, só quem é fã sabe o que é ser fã. Eu não sei se falei (tipo só umas mil vezes) que eu sou DIRECTIONER, simplificando eu sou super hiper mega fã dos One Direction, seguindo a minha experiência como fã deles eu acho que posso vos dizer que... Ser fã é amar alguém incondicionalmente, alguém que você nunca viu na sua frente mais sabe que ele ou ela é maravilhoso, é fazer de tudo para que seu ídolo seja feliz só para ver aquele sorriso, é chorar quando ele chora, rir quando rir, sofrer quando ele sofre, é sair em defesa dele sempre que alguém falar mal mesmo sabendo que ele esta errado. Cada conquista, cada brincadeira, cada lágrima que seu ídolo deita você deita junto. Ser fã é ficar feliz por ver seu ídolo na TV agradecendo ao carinho dos fãs e ficar toda boba mesmo sabendo que são milhões, é amar tanto uma pessoa que não te conhece que chega a doer saber que você pode nunca vir a conhecê-lo(a), mais continuar firme e forte porque isso é um sonho que te mantém viva para os apoiar. Porque ele está sempre com você seja em imagens, na TV, rádio ou naquela música que quando você ouve parece ele escreveu exactamente pensando em você.

Resumindo ser fã é amar de maneira inexplicável um desconhecido que a certo momento entrou na sua vida e se tornou o "rei" alguém de extrema importância e que já não conseguis viver sem saber se esta bem. Ser fã não fácil qualquer um pode se denominar "fã" mais poucos merecem ser chamados de FÃS, afinal pesquisar, dançar, sofrer, cantar, festejar, preparar prendas não é todo mundo que tem paciência para isso, só os FÃS mesmo.



E para vocês o que é ser fã? Você é fã de alguém? Quem? Compartilha comigo!


Oi oi...

Então, eu sei que tenho estado meio desaparecida, mas hoje eu voltei para dar um fim nisso, e para trazer a primeira wishlist do blog (wow \o/), eu fiz uma com alguns dos livros que eu quero ler, uma bem pequena. Então, vamos ver:



1- Minha vida fora de série Vol. 1 e 2;
2- Fazendo meu filme Vol. 1,2,3 e 4;
3- A falsa princesa;
4- Livros da trigologia "A Selecção"
5- Lola e o menino da casa ao lado;
6- Depois dos quinze e De volta aos quinze;
7- A menina que coleccionava borboletas;
8- Vol. 7 e 8 de Diário de um banana;
9- A menina que roubava livros;
10- Destrua este diário;
11- Fala sério, mãe!
      Fala sério, pai!
      Fala sério, amiga!
      Fala sério, professor!
      Fala sério, amor!
      Fala sério, filha!
     Tudo por um, pop star!
     Tudo por um, namorado!
     Tudo por um, feriado!
     Todos os livros da Thalita Rebouças!



Minha lista é bem pequenininha né?! (hihi), faz já um tempinho que eu quero ler estes livros nem que seja online!


E aí, gostaram da listinha? Já leram algum deles? Que livros que você quer ler? Ele está aí?


- Um mês sem postar e ela volta de cara lavada como se nada tivesse acontecido e fosse normal não postar nada por 30 dias! - É isso que vocês devem estar a pensar de mim, né?! Que sou só uma menina que tentou aparecer com um blog não aguentou e abandonou, NÃO, NÃO e NÃO eu não irresponsável, pode parecer meio cliché mais a culpa disto é toda da escola ano passado eu estudava de manhã já este estou de tarde (o que por acaso eu queria e já me arrependi) então eu fico um pouco sem tempo de postar, só que este ainda é o período de adaptação eu vou me organizar e criar uma rotina. Agora ao que interessa...

Lembram da última postagem que eu fiz, né?! Era um texto da autoria da Carol (do devolva meu clichê) que ela escreveu inspirada em uma música e tal... Então ela escreveu um final para o texto, que vocês conferem agora.


... I'd walk to you if I had no other way 
Enquanto andava sozinho pela noite fria de Nova York, Renan ficava se lembrando de tudo o que os últimos dois anos tinham feito com ele. Quando ainda no Brasil, Renan conseguiu a cama que tanto queria, cantando em diversos programas famosos e fazendo diversos shows com suas músicas românticas, todas inspiradas em Delilah. Depois do enorme sucesso no país de origem, Renan finalmente foi convidado para tocar no exterior, exatamente um ano e meio depois da promessa via Skype que ele fez ao amor de sua vida.
Renan rodou com sua pequena tour por toda a Europa e agora, seis meses depois, lá estava ele, na amada Nova York, andando na Times Square, louco para chegar logo ao apartamento de Delilah! Ele não havia lhe dito que viria... queria surpreendê-la! A faculdade dela tinha acabado e ela já estava trabalhando na área que tanto sonhara. Sua formatura seria em dois dias e por isso Renan fez de tudo para chegar a NY aquela noite.
Depois de muito andar e pensar, Renan apertou as mãos dentro do bolso e parou em frente ao prédio com fachada de tijolos vermelhos, que Delilah já tinha lhe mostrado através de fotografias. Ele sabia qual era o andar e o apartamento dela, mas queria fazer uma surpresa, por isso, ficou esperando que alguém decidisse sair do prédio, para entrar de fininho e subir. Dormiria na rua se fosse preciso...
Mas felizmente, não foi preciso. Uma hora depois da chegada de Renan a fachada do prédio, uma moça saiu, acompanhada de um rapaz e eles lhe cumprimentaram enquanto ele segurava a porta para eles passarem.

 Hi! I’m sorry but, are you Renan? The singer?  a garota perguntou sorridente, reconhecendo-o.

Renan assentiu, confirmando quem era, e aceitou tirar uma foto com eles e lhes dar autógrafos. Depois, lhes explicou sua situação e o casal, comovido, abriu o portão para ele e desejaram-lhe boa sorte!
Renan correu para o elevador, parando apenas para cumprimentar o zelador que estava atrás de um balcão e lhe cumprimentou de volta, sem dar muita importância. Depois de entrar no elevador, Renan pressionou o número 10 e esperou... o tempo parecia não passar dentro daquele cubículo, ouvindo aquela música horrível. Mas mesmo assim, ele não se deixava abalar, com seu sorriso aumentando a cada andar até que, no decido andar, Renan parecia o Coringa!
Ele se ajeitou ligeiramente no espelho do elevador quando estava no nono andar e saiu correndo quando chegou ao décimo, chegando rapidamente ao número 107. Renan nunca se sentira tão nervoso em toda sua vida! Finalmente veria sua Delilah! Sua musa, sua inspiração - Renan apertou a campainha e esperou –, seu motivo para lutar, sua futura e...

– Oi! Posso ajudar?  disse em inglês, um rapaz alto e moreno, apenas com uma toalha enrolada na cintura, que abriu a porta do apartamento 107.
– E-eu estou pro-pro... esse é o apartamento de Delilah?  Renan perguntou, em português, amuado.
– Sim!  o rapaz respondeu, também em português, com uma sobrancelha erguida. – Eu já te vi em algum lugar...
– Impressão sua!  Renan respondeu com os ombros caídos. Ela estava com outro! – Desculpe o incômodo.

Renan virou-se e foi embora sem olhar para trás, só se permitindo chorar quando já estava fora do prédio da mulher que ele um dia jurou amar para sempre.
Enquanto isso, o rapaz do 107 fechou a porta com o cenho franzido, dirigindo-se a sala.

– Quem era, Marcus?  Delilah perguntou, sentada no sofá, de pijama (uma camiseta enorme que ela trouxera do Brasil e que pertencia à Renan).
– Era...  de repente, a mente de Marcus deu um estalo e ele se lembrou. Droga! – Dê! Era o Renan!
Delilah arregalou os olhos e se levantou num pulo. Renan?
– E cadê ele?  ela perguntou, calçando os chinelos e correndo para a porta.
– Ele foi embora... acho que ele pensou que...  mas Marcus nunca chegou a terminar a frase. Delilah já estava correndo e pressionando freneticamente o botão para chamar o elevador. – Delilah! Você está de...  mais uma frase incompleta.

Delilah entrou no elevador correndo e pressionou o botão para o Térreo com muita força, batendo o pé impaciente e desejando ter usado as escadas. Quando enfim chegou ao térreo, Delilah passou correndo pelo zelador, esquecendo-se do que vestia e sem se importar o vento extremamente gelado que passou por seu corpo ao sair do prédio. Olhou para os dois lados, mas as ruas estavam desertas e ela não sabia para onde correr.

– RENAN!  Delilah gritou com todas as suas forças e decidiu correr para a esquerda, sem uma razão específica. Simplesmente correu e gritou como se sua vida dependesse disso.

Mais tarde, Delilah juraria que fora Deus quem lhe mandou ir para a esquerda... lá longe, Delilah conseguiu enxergar um pontinho que parecia um rapaz... Renan, ela pensou e correu o mais rápido que conseguiu.

– RENAAAAAAAAN!  ela gritou com mais força e o ponto parou por um momento, dando-lhe a chance de se aproximar. Suas pernas estavam congelando assim como seus braços, ambos expostos, mas nada mais importava para ela no momento. Quando enfim chegou a ele, a garota estacou, o olhar fico em suas costas. – Renan?

O rapaz se virou e Delilah pôde ver os olhos do amado, vermelhos e lágrimas escorriam por suas bochechas rosadas pelo frio. Como uma criança, Renan passou as mãos no rosto, secando as lágrimas e fungando em seguida.

– O que quer?  ele perguntou, ríspido.
– Como assim, o que eu quero? Você não me avisou que vinha! Eu estava morrendo de saudade e...  só então Delilah notou que estava chorando... chorando como não chorava há um bom tempo.
– Se eu tivesse te avisado, você teria mandado o amante embora?  ele perguntou, sarcástico, seus olhos soltando faíscas quando olhavam para a mulher que ele prometera amar para sempre!
– O meu...  Delilah olhou para ele, confusa. Amante? Que idéia estúpida era aquela? Passara quatro anos sozinha, amarrada a esperança de logo ver Renan e ele surge com essa história de... Marcus!
– Renan! Eu me recuso a acreditar que você tenha achado que eu tenho um amante!  Delilah gritava agora, completamente frustrada.
– E como você me explica o cara bonitão de toalha que abriu a porta do seu  Renan frisou a palavra – apartamento para mim, Delilah?
– Olha só, o Marcus é meu melhor amigo aqui! Nos conhecemos na faculdade, fizemos o mesmo curso! Ele veio me ver hoje e tinha acabado de sair do banho quando você bateu. Por isso ele estava apenas de toalha!
– E porque ele estava tomando banho no seu apartamento?  Renan cruzou os braços, ainda levemente desconfiado.
– Ele veio do serviço, estava cansado e o meu chuveiro tem água quente! O dele está com problema há alguns dias e ele tem tomado banho lá em casa.
– Ent...
– Ai meu Deus, Renan! O Marcus é gay! Ele é gay e é casado! O Anthony, marido dele, trabalha até as 22h num restaurante e o Marcus fica lá em casa matando o tempo!  Delilah cruzou os braços. – Será que dá pra acreditar em mim agora? Ou quer voltar lá e eu te mostro o álbum de fotos do casamento deles? Porque eu te...

Delilah não terminou de falar, porque Renan a puxou pela cintura e a beijou, com toda a saudade que ele tinha acumulado há quatro anos! Delilah enlaçou seus braços em volta do pescoço de Renan e retribuiu o beijo que ela tanto sonhara receber nos anos que se passaram desde o último.
Depois de matarem uma pequena parcela da gigantesca saudade que sentiam, ainda abraçados, Delilah voltou a falar, com a testa colada a de Renan.

– Senti tanto sua falta! Eu te amo!
– Também te amo, Delilah! Muito!  ele riu e lhe deu um selinho. Depois, se afastou, retirou seu casaco e colocou em volta da namorada, quando finalmente notou que ela vestia apenas uma velha camiseta sua. Delilah aceitou o casaco de bom grado e se encolheu dentro dele, apertando-o contra o corpo e sentindo o cheirinho do amor de sua vida. – Ta pronta?


– Pra que?  Delilah perguntou, confusa.
– Pro nosso futuro!  Renan piscou e Delilah riu. Como ele sentira falta daquela risada...



Delilah não precisava responder. Depois de quatro anos esperando por ele, sua resposta era mais do que óbvia e sua mente gritava em alto e bom som SIM! EU ESTOU PRONTA! LEVE-ME!, mas nenhuma palavra saiu da boca de Delilah, apenas um sorriso moldou-lhe a face e Renan entendeu o recado. Eles então entrelaçaram seus dedos e saíram andando juntos, em direção a nova vida deles. Uma vida juntos, finalmente!
(Caroline dos Anjos Quirino)

Para ver a primeira parte do texto clique aqui !




E aí, o que acharam do texto? Gostaram mais do início dele ou do fim? Compartilha aí



... you be good and don't you miss me 
Renan encontrava-se novamente sentado na sacada de seu quarto, olhando para a lua e pensando nela. Era assim toda noite desde que Delilah se mudou para Nova York em busca de seu sonho. Renan sempre a apoiou, mesmo sabendo que essa atitude implicaria na separação deles, já que São Paulo é bem longe de New York e ele não tinha dinheiro suficiente para ir com ela. 
Delilah estava fora há dois anos e Renan não conseguia esquecê-la por mais que tentasse... e ele tentou! O contato entre eles era escasso, o fuso horário atrapalhava seus “encontros” e mesmo assim, mesmo com tudo contra eles, não conseguiam simplesmente dizer adeus e seguir suas vidas, por isso, aproveitavam ao máximo quando tinham a oportunidade de conversar. Delilah estava cada vez mais animada com as aulas na faculdade de publicidade junto com o emprego garantido em uma agência publicitária muito conhecida em Nova York e Renan continuava compondo em sua sacada, sempre pensando em sua amada, tão distante.
E então, finalmente conseguiram se falar por skype, a felicidade era imensa. 

– Olá Delilah! Como estão as coisas aí em Nova York? – Renan perguntou, com um sorriso de orelha a orelha. - Como você está bonita essa noite! - ele a viu corar e seu sorriso cresceu mais ainda (como se fosse possível) - Times Square não consegue brilhar tanto quanto você - ele piscou e ela gargalhou por um curto tempo, ficando séria em seguida. 
– Oh Renan, só não estão perfeitas, porque você não está aqui – ela respondeu, sorrindo de volta, com os olhos brilhando de emoção. – Quando vem me ver? 
– Bom, sabe que estou à milhas de distância... – ele respondeu com um sorriso sem graça nos lábios – e você sabe como os tempos estão difíceis, mas acredite em mim, menina... Um dia, pagarei as contas com minha música e finalmente vamos ter tudo de bom. Teremos a vida que sempre soubemos que teríamos. 

E ela simplesmente lhe sorriu, com lágrimas saindo de seus olhos. Ah, como ele queria tocá-la naquele momento. Como queria poder abraçá-la, limpar suas lágrimas e dizer que ela não precisava se preocupar. Oh, o que você fez comigo, Delilah? Eu estou louco... Louco por você! É isso que você fez comigo.

– Por favor, Delilah, não se preocupe com a distância. Se por um acaso se sentir sozinha, ouça a canção que te mandei e feche os olhos. Escute minha voz, ela é o meu disfarce. Eu estou do seu lado! – ele sussurrou a última frase e ela riu. 
– Eu te amo tanto, Renan. Não posso acreditar que já estamos nessa há dois anos! Eu sinto tanto a sua falta – ela suspirou, passando uma mão pela tela do computador, como se assim pudesse tocá-lo. Ele fechou os olhos e suspirou, abrindo-os em seguida. 
– Escrevi mais algumas músicas para você, meu amor – ele mostrou um bloco de papel. – Quando ouvi-las, com certeza vai me amar ainda mais do que o faz agora. 
– Você é o garoto mais convencido que já conheci na minha vida – ela deu risada, e logo seus olhos se encheram de lágrimas. – Eu preciso de você, Renan. 
– Oh Delilah! – ele mordiscou o lábio inferior, não podia chorar! Tinha que ser forte para ela, por ela! – Milhas de distância parecem longe, mas hoje já existem aviões e trens e carros. E se eu não conseguir nenhum desses meios de transporte, eu ando até você! Não me importo nem um pouco – ela sorriu e ele quase chorou. Como sentia falta daquele sorriso, daqueles lábios... – Todos os nossos amigos acham que somos loucos. 
– Eu não me importo! Um dia, estaremos rindo na cara de todos que não acreditaram em nós! 

Ele sorriu. Com certeza era o que mais queria! Rir de todos que nunca acreditaram no amor deles, rir de todos que diziam que eles não durariam um ano separados. Hei, adivinhem: Já estamos distantes há dois anos, e ainda estamos juntos. 

– Renan? – ela o chamou baixinho – eu... eu tenho que ir! As aulas começam cedo amanhã e já está bem tarde aqui. 
– Tudo bem, meu amor – ele suspirou triste. – Agora, seja boazinha e não sinta minha falta, ok? – ela deu uma gargalhada gostosa, que novamente trouxe lágrimas aos olhos de Renan. Ele a amava tanto! – Mais dois anos e você terá terminado a faculdade e eu estarei fazendo história com a minha música e enfim, ficaremos juntos. 
– Promete amor? 
– Claro que prometo. Eu faço tudo por você, Delilah! – ele encheu o pulmão de ar e gritou – TUDO! Ela gargalhou e ele a acompanhou. 

Depois das últimas juras de amor trocadas, a conexão se encerrou e Renan se deitou em sua cama, observando o teto com os braços atrás da cabeça. Só mais dois anos, Renan... Só mais dois anos! E com esse pensamento, ele caiu no sono, sempre com Delilah em seus pensamentos.
(Caroline dos Anjos Quirino)



Este texto pertence a Caroline do blog Devolva Meu Clichê (que eu confesso que é bem legal e indico!), assim que eu comecei a ler admito que ele prendeu totalmente a minha atenção, pena que não é um livro porque de certeza que eu compraria, o texto foi inspirado por essa musica de mesmo nome:


E aí gostaram do texto? A Carol é bem talentosa, você já conhecia o blog dela? Compartilha




Hoje mais um dos meus amores faz anos, Harry Styles, meu lindo, está completando hoje (01 de Fevereiro) 20 aninhos, os meninos do 1D, propuseram as fãs enviarem um video criativo onde alguns dos melhores seriam escolhidos para fazer parte de um único video que vai ser passado durante a festa de anos de Harry, eu quase tentei, espero que vocÊ tenha o melhor dia de todos e que desfrute bem da festa e da companhia dos seus amigos e familias, e claro não esqueça que nós te amamos.

HAPPY BIRTHDAY HARRY STYLES


Oi directioners de plantão, com certeza vocês já sabem mais não custa dizer (escrever) que o clip do single midnight memories dos 1D já saiu, e se me permitem está super fixe! Os meninos aprontam no video chegando até a roubar o barco da policia, rsrsrs, bom o video esta imperdivel, ele foi lançado bem mais cedinho só que eu estava muito ocupada para postar vendo o video varias e varias vezes. Então aqui vai:



E aí, gostaram? Eu amei e você? Me conta tudo. Beijinhos Shelsea Ross


É isso mesmo que vocês leram em todo lado tem algum exagero, mais desta vez o exagero é global, quem aí ainda não ouvir falar das "mudanças" da Miley e do Justin? De certeza que todos já ouviram alguma coisinha, mas eu me pergunto porque tanto alarido por mudanças de adolescentes! Eu sinceramente falando depois que Miley lançou o hit Wrecking Ball, tornou-se óbvio que ela tinha mudado apenas seu estilo não sua personalidade, não sua mente, não seu EU de ser, mais sim o seu estilo... Justin por outro lado tem se metido em muitíssimas confusões mas espera aí né ele é ADOLESCENTE, Ok! isso não justifica nada mais tem que se ter em conta que ele é FAMOSO! Calma, não é porque ele é famoso que pode fazer isso, mas as atitudes bobas que qualquer adolescente normal (digo não famoso) faz se ele fizer a média logo fica em cima dele.

Todos os jornalistas que tanto os criticam será que nunca foram adolescentes? Será que sempre foram santos? Não todos passaram essa fase, então que tal ir com calma e em vez de criticar dar apoio, não para atitudes negativas, mas sim para que com os erros eles aprendam e melhorem a cada passo.



Qual sua opinião? É contra ou a favor de crucificar alguém por errar? Você é perfeito?



Beijinhos,
Shelsea Ross


Imagem e informação créditos a revista capricho

Olá, amores vocês já tinham visto esses anéis super fofos? Então eles pertencem a marca americana Gemvara, que virou febre ao lançar essas jóias de sonho. Em ordem estão os anéis da Bela, Branca de Neve, Ariel, Rapunzel, Cinderela e Pocahontas. (Amei todos principalmente os três de baixo.)

E aí alguém quer me oferecer um? 0.o

Beijinhos.
Shelsea Ross


Oi oi

Então, lembram que eu disse que um dia postaria aqui alguns desenhos meus?! Não? Não importa u.u, esse dia chegou é hoje, mas não tenham muitas expectativas pois eu ainda sou iniciante.


Eu acho que vou passar a postar desenhos regularmente, fica para um talvez também, :-P.

Beijinhos,
Shelsea Ross

Então, gostaram dos meus desenhos? Sejam honestos por favor, boas críticas são sempre bem-vindas.



OI oi


Então, saudades minhas? Vocês devem estar a perguntar como assim, eu vou explicar, lembram que num poste eu tinha dito que teriam algumas mudanças?! Então chegou a hora, a primeira mudança é:

ACABOU A LITLE TEEN FOREVER !!!

Calma, calma não eu não vou acabar com o blog, mas sim com o pseudónimo Litle Teen, eu acho que não vale de nada viver a conta de aparências é normal errar e o mundo não acaba quando isso acontece e alguém sabe, pelo contrário quando erramos temos o chance de nos levantar e tentar tudo de novo mas desta vez de uma forma mais correcta. Bom a possível segunda é que talvez eu venha a mudar o nome do blog, mais ainda é só um talvez.


Bom já agora meu nome verdadeiro é  ........ Shelsea Ross

Na rede:
shelseaross.deviantart.com
Twitter: @shelseaross


Por agora é só.

Beijinhos,
da vossa,
Shelsea Ross


Oi oi

Então, hoje eu tô muito entusiasmada com esta resenha, porque eu amei (sério, amei mesmo) este livro, então sem mais delongas vamos a resenha :-D


Amor e Chocolate... o que dizer sobre este livro senão wow ele é fantástico. Quando eu vi o livro a minha amiga quase que me obrigou a lê-lo, eu sei que não se juga um livro pela capa e tudo mais, só que depois de ler o título... eu pensei a não deve ser um livro daqueles cheios de lamechices..., só que depois da primeira página para minha surpresa.... era totalmente diferente do que eu pensava, logo de primeira identifiquei-me com a protagonista Amber Salpone, uma amante de chocolate que vive a sua vida para os outros até começar a namorar com Greg, o seu melhor amigo mulherengo de quem ela safa de vários problemas até da policia, que ela conheceu à 5 anos através do Matt namorado da sua melhor amiga Jen. A vida dela (Amber) muda para melhor apartir desse namoro pois com ele ela passa a agir de forma natural, menos tensa e mais feliz mas... Numa noite tudo muda quando ela descobre que antes deles começarem a namorar ele fora para cama com a melhor amiga. Amber que tem uma família um pouco difícil viu os pais separarem-se através de xingamentos, brigas, etc. A menina cresceu no meio das discussões dos pais até aos dez anos, quando o pai saiu de casa e a mãe começou a relacionar com Leonard a quem ela amorosamente chama de pai nº2. E... bom meus amores eu paro por aqui porque vocês já sabem se eu continuar não parar.




E aí gostaram da resenha? Já tinha lido o livro? Ficou com vontade de ler? Compartilha aí !!!